Campanha mostra como estariam hoje grandes nomes que morreram cedo

Em tempos de ressucitar os mortos em propagandas (aliás, a melhor reflexão que eu vi sobre isso é o da Eliane Brum, onde ela resume todo um argumento em uma única frase: “Na morte se tornou possível trair toda uma vida.“), o clássico de John Lennon mostra como seria a vida de famosos personagens da história que perderam a vida cedo graças ao ódio (manifestado de diversas maneiras).

No entanto, diferentemente do comercial de chocolate que trouxe de volta Audrey Hepburn, a propaganda da Anti-Defamation League não traz ideologias capazes de ofender alguém, pelo contrário (“Imagine a world without hate.“). E embora use a imagem de personagens famosos, considera um futuro bom, onde eles estariam vivos, envelhecidos e  ainda na luta. Não se aproveita da imagem de alguém para vender algo.

Confesso que o que achei mais interessante foi pensar em Anne Frank como uma escritora velhinha de cabeça branca!
E mais legal ainda é a escolha de Imagine, não só pela letra, mas porque o próprio autor foi mais uma dessas vítimas. Ele também poderia estar na tela, com uma notícia aleatória do tipo “John e Paul reúnem-se para um show único em Liverpool“.
Imagine!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s