A farsa do homem na lua (só que não)

Você já deve ter discutido com alguém a questão mais polêmica do século passado: o homem foi mesmo à lua? Esta deve ser uma das maiores teorias da conspiração da história da humanidade. Os mais incrédulos defendem com unhas e dentes a hipótese de uma farsa. Dizem que Stanley Kubrick foi contratado pela NASA para criar aquele famoso filme que mostra Neil Armstrong pisando em solo lunar. E apontam falhas que indicariam a fraude. São principalmente erros de sombra, iluminação e física. No site A Fraude do Século, você encontra uma bíblia de explicações.

Agora, antes de passarmos ao argumento do diretor S G Collins, gostaria de observar somente que Kubrick, antes de ser um diretor de cinema, era também um dos maiores fotógrafos do mundo. Portanto, assumir que haveria “erros” de luz e sombra em um filme supostamente produzido por ele, seria, pelo menos, um paradoxo.

farsa-homem-lua

S G Collins, no vídeo abaixo, explica que ele não pode afirmar se o homem foi realmente à lua ou não.Mas, fazendo a pergunta contrária, ele chega a uma conclusão.

O homem foi à lua em 1969? Eu não posso ter certeza, não estava na lua naquele época. Ele fingiu que foi à lua? Não, tenho certeza que não. Por quê? Eles não tinham como fazer isso.

Infelizmente, o vídeo está em inglês e sem legendas. Mas se você conseguir entender um pouquinho, já vai se divertir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s