Oscar 2012: A Árvore da Vida (The Tree of Life)

Indicações (#3):

Fotografia
Melhor Diretor
(Terrence Malick)
Melhor Filme

A Árvore da Vida é focado na relação entre pai e filho de uma família norte-americana comum na década de 50 no Texas. Através disso, expande sua ótica intercalando a história “da vida” ao longo dos séculos, desde o Big Bang até o fim dos tempos.

***A Árvore da Vida é um filme completamente diferente dos outros indicados, por isso, resolvemos convidar alguém diferente para escrever pro blog também. Alguém que tivesse um outro olhar sobre o filme, assim como Malick, que lançou um outro olhar sobre a vida. Dessa forma, chamamos nossa amiga @MarcelaLupoli para passar suas impressões sobre o longa.

Alguém aí lembra quando um filme que venceu o Palma d’Aur levou também o Oscar de melhor filme? Faz exatamente 10 anos. “O Pianista” foi o último filme que conseguiu a façanha de agradar o júri de Cannes e os membros da Academia…

E, provavelmente, isso não se repetirá esse ano. “A Árvore da Vida” é tudo o que você não espera de um filme vencedor de Oscar. Aliás, a indicação do filme de Malick foi vista por muitos como surpresa. Por quê?

É lento, é extenso, não conta a história de um vencedor, não fala sobre xenofobia, racismo, crise econômica e outros temas coxinhas recorrentes na premiação. Não teve unanimidade da crítica e muito menos do público. Aliás, até mesmo Sean Penn, um dos astros do filme fez duras críticas ao longa de quase 3h.

Então sobre o que é “A Árvore da Vida”? Talvez a melhor resposta seja que é uma tentativa de Malick de explicar o sentido da vida. Pretensioso, arrogante, megalomaníaco…

Fui ao cinema sem muitos preconceitos ou expectativas, mas todas as críticas negativas já tinham me deixado com uma preguiça prévia do que estava por vir. E os momentos iniciais fariam essa indisposição aumentar. Desde a primeira cena critiquei o filme interiormente e meus pensamentos falavam palavras pouco educadas para Terrence.

Mas, de repente, não mais que de repente, fui tomada por uma crise de choro que me acompanhou por todos os muitos minutos restantes.  Me entreguei ao filme inteiramente. Cada imagem, cada palavra… tudo mexeu comigo como nenhum outro filme fazia em muito tempo.

E é por isso que “A Árvore da Vida” é meu favorito da noite desse domingo.

Não sei se recomendo, não sei se assistirei novamente, não sei ainda o que me fez chorar… Só sei que não saí do cinema a mesma pessoa que entrei. E é disso que se trata a sétima arte, não?

Indicações (#3):

  • Fotografia
    Apostas: talvez vença (é provavelmente a categoria em que o filme tem mais chances de vencer)
  • Melhor Diretor (Terrence Malick)
    Apostas: não deve vencer (na ordem de preferência poderia vir logo após Scorsese, que deve levar)
  • Melhor Filme
    Apostas: não vence

Por Marcela Lupoli, colaboradora especial.

Anúncios

4 comentários sobre “Oscar 2012: A Árvore da Vida (The Tree of Life)

  1. Eu fiquei até com vontade de voltar a ver Árvore da Vida (vi alguns pedaços, sem prestar atenção, não me interessei)… vi outras pessoas falando muito bem do filme, mas ah, a preguiça! hehehehe 🙂

    1. Tô na mesma Lú hahaha. Quem sabe em doses homeopáticas? Meia horinha todo dia, em uma semana a missão tá cumprida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s