Pra Começar o Dia – A arte de se brincar com um ioiô

Eu já achava incrível quando jogava um ioiô pra baixo e ele, por razões sobrenaturais, voltava pra minha mão. Aí vinham os amigos falando que dava pra fazer umas manobras “radicais” e com nomes estranhos, tipo “volta ao mundo”, “balão”, etc. Acho que o mais radical que eu consegui foi um galo na minha cabeça. Mas já tava me achando. Afinal, aquele negócio era sobrenatural.

Aí eu cresci e vi que era física pura.

Fácil. Física pura. Acho que vou procurar meu ioiô da Coca e começar a treinar.

Anúncios

Um comentário sobre “Pra Começar o Dia – A arte de se brincar com um ioiô

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s