Foi ou não foi?

Ontem à noite, por algum tempo, das 10 palavras nos TTBr, 9 eram sobre futebol. Algumas parabenizando os mais novos times da série A (Figueirense e Bahia) e outras sobre a polêmica envolvendo o resultado de Corinthians 1 x 0 Cruzeiro.

Ok, vamos logo ao x da questão. O pênalti. E aí, foi ou não foi? Pra mim, foi. Por um argumento irrefutável: pênalti roubado não entra.

Óbvio que estou brincando. Recomecemos.

O pênalti. E aí, foi ou não foi? Acho que não foi. Pra mim, não passou de um choque normal. No entanto, se o mesmo lance fosse fora da área, teria sido marcada a falta. Logo…

A foto que prova... nada, hahaha.

Quanto às reclamações do Cruzeiro. São pertinentes os pedidos pelos impedimentos mal marcados (3, se não me engano, enquanto o Corinthians teve 1).  Quanto àquela jogada do Thiago Ribeiro com o Júlio César, no primeiro tempo, a princípio, eu não marcaria. Depois observei melhor e vi que ele chega a tocar o goleiro. Só não sei se dobra a perna antes ou depois disso. De qualquer forma, valia reclamar.

Mas o grande bafafá é que o Corinthians teria comprado o campeonato. Pois é. Passou 7 jogos sem vencer só pra dar mais emoção, né? E comprou também o juiz de Cruzeiro 0 x 2 São Paulo, que marcou aquele pênalti (aquele sim ridículo, que nem falta foi, e que nem dentro da área foi!) no Ricardo Oliveira.

Ah, não nos esqueçamos de que o Corinthians também comprou o Montillo. Sim, o camisa 10 celeste. Compramos ele pra errar aquela cavadinha contra o Atlético Mineiro, lembra?

É muita teoria da conspiração pra um campeonato só. E já que relembramos alguns acontecimentos recentes, será que todo mundo apagou da memória os 2 gols legais do Ronaldo contra o Guarani, que renderam um empate em 0x0 em Campinas? Ou, se formos um pouco mais longe na história recente entre Cruzeiro e Corinthians (leia 1º turno), por que deixar de lado o pênalti não marcado em cima do Bruno César pelo mesmo Sandro Meira que apitou no Pacaembu ontem?

Só nesses dois últimos jogos o Corinthians teria 2 pontos a mais pelo confronto com o Guarani e seria líder. Já se considerado o pênalti convertido contra o Cruzeiro, no Parque do Sabiá, seriam 3 pontos a mais enquanto a raposa teria 2 a menos. (Matemática básica, Cruzeiro teria 58 e Corinthians 63 antes do jogo de ontem.)

Eu entendo a revolta dos torcedores cruzeirenses. Entendo mesmo. Se fosse eu, também estaria puta. Mas que não se enganem… o campeonato não foi perdido aqui. Mesmo com o empate, o Cruzeiro teria que torcer por um tropeço nos próximos 3 jogos do Timão e nos 4 do Flu. Algo que eu não acredito que vá acontecer.

Ainda acho que o Fluminense será campeão. E aí, o Corinthians gastou dinheiro à toa, né? Porque como clamam os anticorintianos, a gente comprou o campeonato do Centenário. Mas bom, a única chance de o Corinthians ainda ter esperanças é um empate do Goiás hoje. Mas não levo fé nessa hipótese… o Muricy não deixa esse título escapar. Nem que ele mesmo tenha que entrar em campo e fazer o gol da vitória.

Agora, cansei de tanto mimimi, de tanto chororô. Erros acontecem e vão continuar acontecendo, principalmente com essa arbitragem fraca que temos no Brasil. Bem longe do nível do campeonato. Devíamos nos preocupar mais em resolver isso e deixar de lado a pequenez de acusar alguém de comprar o Brasileiro. Vindo de um time do tamanho do Cruzeiro, isso só se torna embaraçoso.

O Pacaembu ontem.

Enquanto isso, esperamos em vão por árbitros um pouco mais dignos. De bonito ontem, só mesmo a festa da torcida alvinegra o jogo inteiro (e pra você, Fabrício, que disse que “quando tá ruim a torcida joga contra”, não tenho nada a dizer. Só que ainda bem que você não tá mais desse lado ;)).

Links relacionados:

A opinião do Juca Kfouri, “um pouco” mais enfática do que a minha.

Lédio Carmona e a arbitragem (#fail) brasileira

Paulo Calçade (ESPN): “Foi pênalti”

O Grande PVC, a jogada e a arbitragem

A palavra final dos especialistas no Globo Esporte

(Só pra constar, a opinião dos comentaristas da SporTV está mais dividida, embora pelo que eu contei tenha mais “foi pênalti” do que “não foi”. Inclusive, @TiagoLeifert cravou: “foi”.)

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

6 comentários sobre “Foi ou não foi?

  1. Não, fia, não foi comprado… É PRESENTINHO DO CENTENÁRIO!!! HAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHA!

    ADOOOOOOOOOOORO ser mala!

    Beijinhos!

  2. Fia, não fica brava, eu tô brincando… AHUHAUHAUHAUHA!

    O importante é que o Palmeiras tá jogando MUITO BEM! NOT!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s