Uma lição americana

No lo sabía. Pero en Brasil se habla español. Isso mesmo. No Brasil, se fala espanhol, esse idioma tão característico dos países latino-americanos, colonizados por Colombo e seus conterrâneos. Se duvidar, podemos acrescentar também à lista de novidades o fato de a capital brasileira se chamar Buenos Aires e de que, na verdade, o Brasil não é mais do que uma cidade do Chile.

Aprendi essas coisas e muito mais durante um intercâmbio que fiz em uma pequena cidade americana, onde trabalhei por três longos meses em um restaurante que representa talvez o maior ícone do american way of life: McDonald’s.

Apesar de certa dificuldade para compreender o inglês de subúrbio da região, eu trabalhava no caixa, atendendo aos mais gordurosos pedidos e matando a curiosidade daqueles que faziam perguntas despretensiosas sobre a minha nacionalidade.

Ah, você é do Brasil?! ¿Como te llamas? Desculpe, eu não falo espanhol – respondia, destruindo, assim, crenças e valores profundamente arraigados na mente de muitos cidadãos. Tão arraigados que, em um caso especial saí convencida de que no Brasil se fala, na verdade, espanhol.

Não sei dizer o nome deste senhor que me chamou a atenção para o verdadeiro esclarecimento. Mas era já um senhor de idade, negro, cabelos grisalhos, que provavelmente fora um herói da Segunda Guerra Mundial no Japão, como muitos outros que frequentavam o meu caixa. Estes, particularmente, eram muito curiosos quanto ao modo de vida estrangeiro e mantínhamos, frequentemente, um nível interessante de diálogos.

Pois sim, o senhor de quem falava. Era uma tarde fria e ociosa, o que o fez pedir um descafeinado para ajudar a passar o tempo. O café, no entanto, havia acabado, precisei pedir ao senhor que esperasse alguns minutos enquanto passava-se o novo café, e foi aí então que protagonizei um dos melhores diálogos de minha vida.

O senhor perguntou de onde vinha aquele meu sotaque, e quando lhe disse que era do Brasil, ele logo presumiu que eu saberia falar espanhol. Portanto, foi com muito espanto e negação que ele recebeu a informação de que não, eu falava português. Acredito que a minha fala tenha soado a ele como uma blasfêmia, das piores que uma pobre criatura de terceiro mundo como eu poderia dizer. Mas ele, convicto de suas crenças, perguntou, educadamente, se eu tinha absoluta certeza de que no Brasil se fala português.

Ao confirmar a minha resposta anterior, aquele senhor só pode ter pensado que eu estava à beira da loucura. Sim, por que onde já se viu? O Brasil é um país de hispânicos, as pessoas lá falam espanhol! Você tem mesmo certeza do que está falando? Olha, eu acho que você está enganada! Os mais jovens podem até falar português, mas os mais velhos não! Seus pais, seus avós… eles não falam espanhol?

Bem, sim, afinal, eles cresceram ouvindo seus respectivos pais e avós falando espanhol. Uma de minhas bisavós, por exemplo, nunca aprendeu a falar português, essa língua moderna que se fala há tão pouco tempo no Brasil. Eu sou apenas a terceira geração de brasileiros de minha família, como poderia discutir com um velho senhor americano?

E foi então que eu aprendi que no Brasil se fala espanhol.

Posts relacionados:
Frases em espanhol que não se deve dizer a um brasileiro
Dejame enseñarte algo de Brasil
Brasil, uma cidade de espanhóis
Brasil, uma cidade de espanhóis II

Anúncios

10 comentários sobre “Uma lição americana

    1. uahauhauahauhau
      Dan, esse texto foi um exercício de uma matéria que estamos fazendo lá na Floresta! hahahaha
      tínhamos que escolher um ‘fato extraordinário’ e pessoal pra contar… não consegui pensar em outra coisa :/ hehehe gostou?

      1. Ficou muito bom! haha… Me diverti lendo… “Era uma tarde fria e ociosa…”.
        “aquele senhor só pode ter pensado que eu estava à beira da loucura.” haha…

        Nível “House” de Acidez…haha…

  1. Tenho um amigo australiano que disse uma vez:

    “A maior decepção da minha vida foi quando eu fiz 8 anos e não podia mais ir pra escola na barriga do canguru, porque fiquei muito grande”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s