Tropa de Elite 2

Tropa de Elite 2 (2010)

 

 

 

“Tropa de Elite, osso duro de roer

Pega um, pega geral

Também vai pegar você”


Antes que eu fosse assistir a “Tropa de Elite 2”, já tinha lido muito sobre como esse filme era bom e sabia muito do que era abordado. Apesar disso, me surpreendi demais com a continuação da história do Capitão Nascimento.

Mas concordo que é difícil comparar 1 e 2. São infinitamente diferentes, inclusive, e talvez principalmente, na profundidade do argumento apresentado.

Ainda assim, algumas comparações são cabíveis:

  • Tropa 2 tem menos quotes daqueles que vão ficar eternamente na boca dos brasileiros (do tipo “Não vai subir ninguém!”, “Você é um fanfarrão!” ou, ainda melhor, “Pede pra sair!”). Já o “vai dar merda” está presente em quase todas as cenas. E, na boa, quando você para pra pensar, dá pra ver que podia dar merda.
  • Capitão Nascimento, agora Tenente Coronel, está mais humano. Mais vulnerável, mais louco, mais foda e mais adorável. Resumindo, está mais “herói”.
  • A sequência é relativamente menos violenta do que o primeiro filme, fugindo um pouco do ambiente na favela, que predomina na primeira narrativa.
  • Tropa de Elite foca na leve corrupção da polícia militar carioca, mas mostra muito da vida no morro e na ação do BOPE e dos traficantes. A guerra todo dia. Mas isso não é nada perto da alta corrupção apresentada no segundo.
  • Através das palavras do próprio Cap. Nascimento: “é um filme mais maduro[…] Tudo foi mais pensado e culmina com a maturidade de Nascimento. A grande diferença é que ele é um personagem muito mais consciente do que está acontecendo. E como ele é o narrador, isso acaba passando para o público.” A entrevista completa com Wagner Moura pode ser vista aqui.

Bom, chega de comparar. Vamos ao filme.

 

 

 

Acho que um dos pontos onde houve maior evolução foi no modo escolhido pelo diretor-documentarista Padilha para conduzir o filme. A direção parece mais madura e coerente, livre e segura, os cortes menos secos e o ritmo bem trabalhado. Isso faz com que Tropa 2 ganhe contornos hollywoodianos.

 

Wagner Moura, o gênio

 

A atuação de Wagner Moura dispensa comentários. Aliás, vê-lo nesse feriado, me fez pensar uma coisa. Quem, no Brasil de hoje, atua no nível dele? Não é um grupo grande. Se restringirmos à sua faixa etária o número fica ainda mais reduzido.

E já que falamos de Hollywood, quem por lá está no auge como Moura? Eu diria Leonardo DiCaprio. Mas diz aí, o Capitão Nascimento não seria nada com aquele rostinho delicado do Leo, haha. Mas falar em Cap. Nascimento é covardia. Ninguém o faria melhor do que Wagner Moura.

Ele trabalha tão bem que dá vontade de vê-lo em todas as cenas. A gente quer o “Beto” em cada minuto de Tropa de Elite. Na verdade, a gente o quer nas novelas, no jornal, em todo programa da TV brasileira. Sim, Wagner Moura é o meu Robert Downey Jr brasileiro.

Já seu personagem adquire um tom meio Dexteriano. Falo isso porque me deu a impressão de que Nascimento é a ferramenta do povo para fazer justiça. Ele acaba sempre acima da lei ao “matar quem merece morrer” e ganha, com isso, aclamação pública.

Em Tropa de Elite 2, sua luta é contra o sistema. E, acho, foi aí que o filme conquistou a maioria dos telespectadores. O longa mexe com aquele sentimento represado que todos temos, a vontade de mudança, a necessidade da luta contra a corrupção, o ideal de “fazer alguma coisa”.

Mas o sistema é foda, parceiro. Por tudo isso é que a temática ganha proporções ainda maiores. Ainda mais se levado em consideração o contexto político atual, recheado de hipocrisia, corrupção e falta de ética.

É esse enredo, mais interessante e profundo, que nos atrai. Ele é a evolução de uma situação particular (Rio, morros e polícia) para um âmbito coletivo (política, corrupção e sistema). Bom, um exemplo desse enredo muito bem construído e trabalhado é o início do filme a partir de um acontecimento desconhecido do público e pausado para que seja explicado o que causou tudo aquilo.

Acredito que se Tropa de Elite chegou ao nível que chegou, isso só acontece graças à apresentação anterior que nos foi dada. Apresentação do protagonista, da corrupção da polícia, da rotina no morro, do BOPE. Com essa personalidade formada, foi possível subir um degrau e fazer um filme que não só vale 1 ingresso, mas vários. Pois é, já planejo minha volta ao Cinema.

Ninguém na minha sessão (lotada) gritou “Esse é o governo do PT; fora Dilma!” ou respondeu “Cala a boca, burguesa de merda!”. Os curitibanos foram bem comportadinhos. Mas acredito que o sentimento depois de sair do filme é o mesmo em qualquer lugar. Você acaba angustiado, enojado e extremamente indignado, porque sabe que tudo ali é verdade e que vai demorar um longo tempo pra mudar. Sai também irritado porque, afinal, você não é o Capitão Nascimento.

Enfim, é, de fato, a elite dos Tropas.

***

Crítica: tem sido extremamente positiva (na verdade, até agora não vi nada negativo).

Lá fora: surgem boatos de que o Spielberg quer comprar os direitos de exibição do filme nos EUA. Seria legal, principalmente se ele decidisse investir no 3 (e deixasse de fora ETs, claro). Além disso, dá um up no Cinema Brasileiro. Leia a notícia aqui.

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

8 comentários sobre “Tropa de Elite 2

  1. Lê (se posso lhe chamar assim),

    Amei o filme. Isso é indiscutível. Mas…
    O coronel Nascimento não estava ‘meio’ ingênuo?
    Ele não sabia que: “sistema é foda, parceiro”?
    Eu saí do cinema pensando:
    Hellow Nascimento!!! Tava dormindo no Tropa1?

    Anyway, sua crítica está ótima.

    Bjkas, =)

    1. Oi, Catia! 😀
      Antes d qq coisa, chame de Lê sim hahaha 🙂
      E bom, talvez ele esteja um pouco ingênuo. Principalmente se comparado ao primeiro filme né?!
      Mas acho q eh uma ingenuidade de idealista. De alguém honesto. Na real, acho q faz parte do Cap. Nascimento Herói 😛

      Mas que bom que gostou da crítica! 🙂 Valeu por comentar!
      Bejos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s