Já está na hora de repensarmos algumas coisas

Digo isso porque nessa nova era de tecnologia em que vivemos talvez estejamos abusando de alguns recursos. Tá certo que tudo é relativamente novidade, mas não é por isso que podemos abusar de alguns jovens recursos, ou, melhor/pior, usá-los em situações em que continuam desnecessários.

O que eu quero dizer é que, apesar de vivermos no reino da interatividade, da conectividade 24 horas por dia, marcados profunda e incisivamente pela presença da interação entre todos os meios de comunicação que temos disponíveis, a publicidade não precisa fazer uso deles o tempo inteiro. Aliás, a publicidade não precisa fazer o consumidor fazer uso deles o tempo inteiro. Oo

Isto é, a publicidade não precisa fazer campanhas que estimulem o consumidor estar presente nesses meios o tempo inteiro. Porque, de repente, o seu consumidor não quer ser um youtuber, ou uma personalidade relâmpago do twitter. De repente, o seu consumidor não quer gravar um vídeo interagindo com o seu produto e compartilhá-lo com outros consumidores do mesmo produto. Porque, por incrível que pareça, às vezes o seu consumidor quer apenas consumir o seu produto, em paz. Veja só o cansaso nas palavras deste consumidor:

Clique na carta para ampliar

A fonte e a autoria desta carta são desconhecidas. Mas, eu achei interessante justamente pelo fato desse tom de cansaço do consumidor. Ainda que esse lance de gravar um vídeo interangindo com o produto e jogar no youtube seja algo relativamente novo, já foi algo tão mal usado, que talvez tenha que ser repensado. Ou melhor, e principalmente, devemos – me incluo porque, apesar de não ser uma grande nome, eu sonho em fazer grande publicidade – levar em primeira consideração se esse tipo de recurso é adequado ou não com o público que você está trabalhando. Adequação. É tudo uma questão de adequação. Para mim, essa é uma das palavras mais importantes da publicidade.

Anúncios

Um comentário sobre “Já está na hora de repensarmos algumas coisas

  1. essa carta é muito engraçada! hahahaha
    realmente, a gente fica do lado do consumidor, parece que a proposta de interação da marca não foi muito bacana né… hahahahahahaha a troca de quê o cara ia fazer um vídeo sobre salsichas?? quem quer interagir com salsichas? ahhahahahahahahha acho que esse não é o segmento adequado pra propor interatividade né! uahuahauahuaha é bem o q vc diss, adequação! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s