Água! Terra! Vento! Fogo! Coração..!

“Pela união dos seus poderes, eu sou o Capitão Planeta!”

Capitão Planeta!

Era uma vez um tempo remoto. Tempo em que éramos crianças felizes e inocentes, assistíamos os programas matinais da Rede Globo e, sem saber, ganhávamos uma consciência social.

Sim, falo – obviamente – de Capitão Planeta.

Ó ele aí.

Talvez você só se lembre do Capitão surgindo, todo sexy, azul gelo com o cabelo verde-água e o “uniforme” vermelho. Mas as situações que o faziam aparecer eram, no mínimo, especiais.

Eu não lembrava exatamente, por isso quase me surpreendi quando assisti um episódio um tempo atrás. Em resumo, ratos gigantes sequestravam um participante da trupe do Planeta, e queriam levá-lo como refém de seu plano maligno de poluir todo a Terra.

Oi? Metáfora explícita (se é que se pode dizer isso, haha)?! Era, no fim das contas, um sonho. Mas quando acordou, o personagem repensou suas atitudes e não foi mais tão displicente com o lixo despejado por aí como andava sendo. Altamente moralista? Sim.

Extremamente genial? Também! Afinal, qual o melhor modo de educar crianças? Não é sempre que dizer “jogue o lixo no lixo” é algo que poríamos classificar como eficaz.

Então vem a pergunta: o que temos hoje nos desenhos?

Bob Esponja, calça quadrada. Por favor, se você ama Bob Esponja me desculpe. Eu ODEIO praticamente tudo que vem daquele desenho. Principalmente a voz dele. Mas tá, isso não vem ao caso. O que é discutível é o nível da televisão destinada ao público infantil.

Cadê o Castelo Rá-Tim-Bum, o X-Tudo, No Mundo da Lua, O Mundo de Beakman (todos renovados, claro) e todas as super produções educativas das quais tivemos o privilégio de desfrutar?

Parece que não surgem produções no nível das crianças atuais. Porque, pelo que sei, essa é a geração da inteligência. Vamos lá, gente. Que tal um pouco mais de esforço por enredos mais interessantes? Roteiros que apresentem mais do que uma voz “engraçada”. Nem todo desenho precisa conter uma consciência sócio-ambiental, não é isso que eu falo. Mas é bom que alguns tenham.

Saudades de Doug, haha. E lá se vai mais um momento de pura #nostalgia proporcionado pelos Biscoitos.

De qualquer forma, o post é apenas comemorativo. O Planeta faz 20 anos hoje, parabéns pra ele. Mas lembrem-se… o poder é de vocês!

Vai, Planeta!

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

5 comentários sobre “Água! Terra! Vento! Fogo! Coração..!

  1. Estagio no Canal Futura e, pesquisando sobre o Capitão Planeta (que passa aqui de segunda a sexta, às oito da manhã e ao meio dia) me deparei com seu blog.

    Desculpe a propaganda, não vim como estagiário do Futura, mas como um blogueiro que também sente falta dos desenhos das antigas. Confesso que curto um ou dois desenhos de hoje, mas nem se comparam com aqueles que passavam nos anos 90! Cresci assistindo ao Mundo da Lua, Castelo Ra-Tim-Bum, Tintin, Doug e tantos outros que fazem muita falta hoje. Semana dessas pra trás liguei na Nickelodeon para ver o que passava. Só desenho mal feito, personagens estranhos e irritantes, “bobajada” sem fim.

    Não quero cair no clichê moralista de que só o que é educativo é bom, também curto (muito) politicamente incorreto e bobagens sem sentido, mas na medida correta. Hoje em dia faltam desenhos com história, com alguma moral, mas que tenham diversão na dose certa.

    Ahn, meu comentário ficou grande demais e preciso voltar ao trabalho! Abraços

    1. Oi, Lucas!
      Seu comentário foi excelente… eu concordo com tudo. Adorava Mundo da Lua, Castelo-Rá-Tim-Bum, Tinin, Doug e todo o resto. E hoje temos alguns desenhos interessantes, mas a maioria é bem fraca!
      Não acho que sejamos clichês, temos um bom argumento… mas talvez sejamos um pouco nostálgicos .. hahaha apesar disso, a nostalgia não quer dizer que estejamos errados né?!
      Valeuuu pelo comentário! 😀 Volte sempre
      🙂

  2. Além da conscientização planetária, são de raças e etnias diferentes, sem preconceito das partes. Quesito importante, já que nos dias de hoje as crianças crescem alienadas e preconceituosas; os desenhos atuais são antagônicos e fazem apenas apologia a violência e etc..

    O público infantil, hoje crescido, agradece pela iniciativa sócio educativa que tiveram.. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s