Licença poética para publicitários

A Publicidade se utiliza da norma padrão da língua portuguesa, isso é óbvio. Aliás, se um anúncio tiver xingamentos, palavrões ou erros de português, ele pode ser penalizado pelo Conselho de Auto Regulamentação Publicitária, o CONAR. Mas você mesmo já deve ter encontrado muitos anúncios por aí cheios de erros de português. É realmente lamentável.

Mas enfim, não quero falar daquela propaganda feita pelo sobrinho do dono da mercearia. Quero falar de propagandas feitas por agências, escritas por redatores publicitários, pessoas que precisam ter um grande domínio da língua portuguesa. Quero falar dos erros propositais.

De tão bem que você conhece a língua, você pode “errar”. Isso mesmo. Quando você sabe utilizar bem as regras do português, quando utilizar cada palavra e quando não utilizá-la, você pode, inclusive, escrever de maneira aparentemente “errada” – mas que, na verdade, é acertada, já que você quer chamar atenção ou brincar com as palavras. (Alfredina Nery, de UOL Educação).

Porque na Publicidade, tudo é minimamente planejado de acordo com o público-alvo. A linguagem normalmente é simples, acessível para o público, mas nunca de maneira a subestimar o poder de compreensão do consumidor. Isso quer dizer que nem tudo precisa ser explicado no anúncio. Já ouviu dizer que quando tentamos explicar uma piada ela perde a graça? É mais ou menos por aí.

Portanto, quando há um erro na propaganda, ele é proposital. – Ou pelo menos deveria ser, porque o anúncio deveria ter sido feito por alguém que tem conhecimento suficiente da língua portuguesa. É a famosa licença poética, a qual os publicitários também podem aproveitar, não só os poetas e romancistas. Afinal, a Publicidade não é uma arte, mas se utiliza da arte para persuadir, emocionar e sensibilizar o consumidor.

Na verdade, a licença poética está aí para todo mundo usar. A própria linguagem oral, do dia-a-dia, é diferente da escrita. Na propaganda, a linguagem deve ser apropriada para o consumidor. Já até caiu no Vestibular a ‘polêmica’ em torno do slogan da Caixa Econômica Federal – “Vem pra Caixa você também”. O slogan faz uma mistura de duas pessoas, o TU e o VOCÊ. Segundo a norma padrão, deveríamos ler “VEM pra Caixa TU também” ou “VENHA pra Caixa VOCÊ também”. Isso sem discutir a preposição sincopada pra. Alguém vai dizer que o antigo slogan da Coca-Cola – “Emoção pra valer” – está errado?

O importante é não abusarmos dos ‘erros’ e termos uma postura mais realista quanto à norma padrão. Elitismo pra quê?

Posts relacionados:
Logotipo ou Logomarca? Eis a questão…

Anúncios

7 comentários sobre “Licença poética para publicitários

  1. Gostei do post, me lembrou do velho e bom lema “herar é umano, mas perçistir no herro é burrisse”.
    Na faculdade de Letras estudamos a licença poética como uma forma de melhorar a estrutura do poema ou, no caso da música, para a letra se ajustar na melodia.
    Simplesmente adorei a propaganda do Banco Volkswagen, mas não vou negar que achei bem estranho até ler o final.

    Licença poética, use com moderação.

    bjoks

  2. É o famoso “aprender as leis para poder quebrá-las”. Quando você tem o domínio tão grande das palavras, ganha automaticamente o direito de brincar com elas. Alguém contestaria Guimarães Rosa?

  3. Muito bom, Lu!
    A gente só pode fazer uso da língua a nosso favor quando a gente tem completo domínio dela. Um dia eu chego lá.
    ahahahaha
    =)

  4. haha adorei o “Fumar prejudica o célebro” e…
    “Publicidade não é uma arte” me lembrou minha professora de Introdução à P&P mandando embora quem achasse que fosse hehe

    E quanto ao domínio da LP hehe, a internet me deixa cada dia mais distante de alcançar esse sonho uhuhuh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s