REescreva o futuro

Era uma vez, uma grande marca de materiais esportivos. Com a Copa do Mundo se aproximando, ela contratou um diretor famoso (Alexandre Iñarritu) pra gastar uma fortuna ao fazer um comercial – fantástico – com cara de filme. Daqueles que passam no Cinema e têm toda a pompa de longametragem.

Até aí, tudo bem. Qual seria o elenco? Seus maiores craques, é claro. Atores-atletas de peso: Drogba (o jogador africano com mais moral no momento); Cannavaro (último capitão a erguer a taça de campeão mundial); Rooney (eterna esperança/frustração inglesa); Ribery (eu, particularmente, o acho um pouco supervalorizado); Ronaldinho Gaúcho (pra mim, o jogador que eu mais gostei de ver jogar); Cristiano Ronaldo (não sabe se é galã ou boleiro, mas atua bem… faz uma cena em campo).

Com participação especial de outros astros patrocinados: Roger Federer (tênis) e Kobe Bryant (basquete), além de Homer Simpson. No entanto, vamos nos focar na Copa do Mundo.

Um timaço. Antes da Copa, qualquer um apostaria no sucesso desses jogadores. Mas não é que o lema da Nike, de que cada momento é escrito ali, de que nós próprios fazemos nosso futuro, de que “cada decisão tomada, cada ação pode levar para a glória ou o fracasso”, o tal just do it, estava mais do que certo?!

Antes mesmo da convocação a maldição da Nike caiu sobre Ronaldinho. Nosso pobre malabarista ficou de fora da maravilhosa seleção dunguiana. Prenúncio de tragédia para a marca. Hoje, enquanto escrevo esse post, nenhum – repito, nenhum – jogador do comercial continua na disputa pelo campeonato mundial.

E além disso, a onda de azar segue cada um desses jogadores particularmente. Drogba quebrou o braço a duas semanas da Copa (recuperou-se magicamente e saiu na primeira fase). Cannavaro simplesmente se RETIROU da seleção depois da pior campanha da Azurra nas Copas. Rooney tá numa situação parecida com a do seu personagem na primeira parte do filme, por isso, não estranhe se ele aparecer por aí com aquela barba de indigente. Ribery fracassou no mesmo nível da seleção francesa, que parece que não foi nem a passeio para a África. Cristiano Ronaldo dispensa comentários… a única coisa em que ele caprichou foi no topete.

Isso que é zica, hein?! Fala sério! E como o Brasil estava sem representante na Copa (graças ao olé que o Dunga deu na Nike [e na Panini]), deram um jeito de enfiar o Robinho na propaganda. Deram 30 segundos só pra ele. Quem sabe se ficando separado ele não fica blindado da maldição, né?!

Sou uma fã das propagandas da Nike. Acho que têm uma abordagem muito legal, mas dessa vez deu azar. Acho que vai ter que reescrever esse futuro, colega.

E, ah, ainda bem que o Kaká é patrocinado pela adidas! #umavelaparaKaká

E eu?!?

(Fica aqui a versão não-zicada [até o momento] do Robinho)

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

2 comentários sobre “REescreva o futuro

  1. ahahahahahaha
    eu não tinha visto essa do Robinho!!!
    auhauhauhuhauhahuahuauha

    Esse primeiro é do caraleo. eu tuitei ele, e continuo achando o mesmo: “Eu queria ter escrito esse roteiro.”
    auhhauuhauhauhahuahuauuauhauh

    Vai Brasil!
    HUAUHAUHAUHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s