WArTER

O Império Romano guerreava em busca de um domínio mais amplo, com aumento de seu poderio e de seus territórios.

A Guerra do Peloponeso, na Grécia, a disputa entre as “irmãs” Atenas e Esparta foi uma disputa de poder, considerando que Atenas ganhava ‘carisma’ e influência, deixando os espartanos com medinho.

A Guerra das Duas Rosas foi uma luta pelo trono inglês.

A Guerra da Secessão foi travada entre os estados do Sul, conservadores e escravocratas, e os do Norte, moderninho e “igualitário”, dos EUA.

A Guerra de Canudos representou uma luta do povo nordestino, sofrido e religioso, contra o exército defensor dos latifundiários e coronéis.

A Guerra da Independência do Brasil foi… bom, deixa pra lá.

A 1ª Guerra Mundial eclodiu, teoricamente, pelo assassinato do herdeiro do trono austro-húngaro, Franz Ferdinand. Mas tem base no Imperialismo e na rivalidade das nações.

A 2ª Guerra Mundial teve grande incentivo de um alemão louco, que achava ser superior ao resto. E de pessoas mais loucas que ele, que concordavam.

E dizem que a 3ª Guerra Mundial será por causa da água.

Não, eu não acredito nisso. Até porque um conflito armado a essa altura acaba com o planeta antes de sequer piscarmos. (O que vai acontecer é todo mundo obedecer quem tem o poder hahaha #teoriadaconspiração)

Mas falo sobre isso para ilustrar a importância da nossa companheira H2O, já que nessa segunda, dia 22 de março, foi comemorado o “Dia Mundial da Água”. O Brasil é o país que tem em seu território a maior quantidade de água doce no planeta, sendo que concentramos aproximadamente 12% de toda a água doce superficial da Terra.

Temos por aqui, o maior rio em volume e extensão do mundo: sim, sim, nosso famoso Rio Amazonas. E além dele, temos outros ilustres coadjuvantes, como o Rio São Francisco e o Rio Paraná, isso sem contar a chuva susse que cai em mais de 90% do território brasileiro.

E se não bastasse tudo isso, temos o maior aqüífero do mundo: o Guarani. Pois é, como megalomaníacos que somos, esse que temos aqui é o maior manancial de água doce subterrânea adivinhem de onde? do mundo. Dois terços de sua área total fica aqui, bem debaixo de nossos pés (inclusive de nossa querida Frutal-MG).

Isso aí, pensamos. Reservinha mara!

Mas não é bem assim que funciona. Continuamos, como qualquer outro povo, poluindo, aproveitando e desperdiçando. Parece que a gente só dá mesmo valor quando perde, certo? Nesse caso, tenho a impressão de que só iremos realmente valorizar a água e as bênçãos naturais de nosso país quando as coisas atingirem níveis críticos.

Quando a água bater na bunda. Ou, quando não tiver água pra bater na bunda (#infame). Quando passarmos por situações de escassez como a vivida no Oriente Médio ou na África. E me incluo nessa… acho que por mais que tenhamos consciência da necessidade de preservação e de cuidado, nós ignoramos. Fechamos nossos olhos e deixamos pra depois.

Até que chega uma hora que não dá mais pra ignorar: vide Aquecimento Global. Só espero que percebamos logo o quanto é importante o que temos em mãos, o quanto é valioso o que temos em abundância. E para que, assim, mostremos um pouquinho da gratidão que deveríamos ter por um país tão naturalmente abençoado.

(Sério… a gente é ENORME, não estamos em cima de placas tectônicas se encontrando, não temos furacões e nem vulcões, tremor aqui é só reflexo do terremoto do vizinho, rola sol o ano inteiro (Curitiba não entra) e além da diversidade da flora e fauna, temos uma quantidade de água doce, digamos, considerável. Só precisamos nos lembrar de que isso é um privilégio.)

Vale destaque: na 2ª foi comemorado também o “Dia Sem Carne”. Com menos sucesso, eu acredito. #fail ? Haha, não sei dizer.

Sei que a data comemorativa já passou, mas é válido que tenhamos um pouquinho do Dia Mundial da Água todos os dias. Não pretendo pagar de falsa moralista aqui, mas acho que o que pudermos fazer, mesmo que pouco, já vale. Já é a nossa parte.

(Peço desculpas sinceras pelo trocadilho mega infame do título. Eu não resisti.)

Posts relacionados:

International Day of Climate Action

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

11 comentários sobre “WArTER

  1. Dia sem água e se luz até passa! Consigo até ficar um dia sem sair de carro… Mas dia sem carne não dá! AHuhUAHuhAuhUAHuHAUhUAhuAHUAHA!
    Beijinhos!

    1. Mulher hahahahahaha
      larga de ser carnívora desse taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanto…
      eu comi uma carne bem duvidosa segunda (esqueci o dia sem carne hahahaha). Mandei ver um Cheddar McMelt. Vai saber neh hahaha

      mas eu n como carne qse nenhum dia da semana, então compenso o dia sem carne q eu comi.

  2. “A Guerra de Independência do Brasil” foi ÓTEMA!!! uhauHAUhauHAuhaUAHuhaUAHuahuahUHAuahUAHUahUHA
    Rio Pretão tb está sobre o aquífero guarani! uhauahauhaua é nóis!!

  3. seu trocadilho tá susse… vc não sabe o q eu vi hj, numa propaganda italiana de água…. “water you doing?” trash né… uahuahauhaua

      1. Saudades de você, Ti hahahahahhahahahaha
        e seus comentários S2.

        Criciúma não tem aquiiiiiiifero, lalalalala

      2. uahuHAuahUAHUHAuahUHAuhaUAHuhauHAuahuahUa
        ela disse que não resistiu ao trocadilho… hhahahhhahahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s