60 minutos

Um ano tem exatamente 8760 horas. Ou, 8766 horas para os mais precisos (ou metódicos, né Ti?). De qualquer forma, é muita hora. O que torna a ação de hoje à noite, idealizada pela WWF há 3 anos, mais simbólica do que qualquer outra coisa.

Mas o fato de ser simbólico não tira, de forma alguma, os méritos desse ato. Afinal, é só um lembrete para nós: Tipo, Oi, tô aqui Me trate bem, por favor. Ass: Terra. E assim como o Dia Mundial da Água, serve para que nos lembremos todos os dias de cuidar do planeta.

Afinal, é a Hora do Planeta. O que se, pensarmos bem, parece meio mesquinho, né? Tipo, uma hora pro planeta, 8765 pra gente. Mais uma pro planeta, mais 8765 pra nós. Contando esses três anos, temos esse placar até o momento: Planeta 3 x 26.295 Nóis.

Tudo começou em 2007, quando, mais tímida, aconteceu a primeira Hora do Planeta. Uma tentativa de chamar as pessoas para a ação, lembrando alguns dos problemas mundiais – Aquecimento Global! E, na verdade, em 2010, devido ao fuso horário, vários países já tiveram sua horinha.

Sydney

No Brasil, em especial, a WWF escolheu como temas da Hora do Planeta o combate ao desmatamento, a proteção e recuperação de áreas de preservação permanente (matas ciliares e nascentes) e obrigatoriedade de cumprir a metas de

Brasília

redução de gases de efeito estufa e desmatamento.

Hoje, às 20:30, diversas cidades, espalhadas por 120 países, irão demonstrar seu apoio. Dentre elas, 61 cidades brasileiras terão alguns de seus principais monumentos “apagados”. Serão 145 monumento e locais públicos, como o Cristo Redentor (RJ), a Ponte Octavio Frias de Oliveira (SP), o Palácio de Cristal (Curitiba) e o Arco da Praça Portugal (Fortaleza).

Ao redor do mundo vários outros monumentos ficarão no escuro durante esses 60 min. Em Paris, teremos a Torre Eiffel; em Berlim, o Portão de Brandenburgo; em Londres, o Palácio de Buckingham; em Roma, a Fontana de Trevi; no Egito, as Pirâmides.

Paris

Além das cidades, temos muita gente aderindo à Hora do Planeta. E não importa porque alguém adere. Pode ser porque considera um Mega flash mob de “Gato Mia” (via twitter) ou mesmo porque acha cool desligar as luzes do apartamento. Realmente não importa. O importante é que possamos entender de verdade o que significa a Hora do Planeta.

Nos lembrarmos de que somos ‘convidados’ aqui. E que temos sim que cuidar do planeta como se fosse a nossa casa, mesmo que isso soe piegas e tenha cara de papo de publicitário sem vergonha.

O que importa mesmo é cada um fazer a sua parte. Não só hoje, mas todo dia. O importante é entender a mensagem. Não digo pra ninguém fazer sua Hora do Planeta todo dia, mas não custa ter o minuto do planeta. Não custa sair de um lugar e apagar a luz. Não custa cuidar. :]

E lembre-se: que das 20:30 às 21:30, desfaça-se a luz.

Posts relacionados:

WArTER
International Day of Climate Action

Links relacionados:

Hora do Planeta
Hora do Planeta 2010: valendo!
Mais sobre a Hora do Planeta
Hora do Planeta pelo Mundo – Resultado

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

8 comentários sobre “60 minutos

  1. Ótimo post, fia! Apagarei a minha luz também! Pode ser simbólico no momento, mas a intenção é que a idéia permaneça!
    Beijinhos!

  2. Ai galera, não vou dizer que sou contra… mas sério, passa essa hora, passa esse ano e até a próxima hora do planeta ninguém lembra mais disso não… Não parece algo efetivo, sabe? Apagar a luz por uma hora é muito fácil! Agora, incorporar hábitos que preservem o planeta à rotina diária quase ninguém quer… então no fundo parece balela… papo furado…

    Bom, na verdade, não sei exatamente que ação seria mais efetiva pra conscientizar as pessoas, já que nem aquelas afetadas diretamente pelas consequências das agressões ao meio ambiente conseguem mudar seus hábitos…

    1. Eu entendo e até concordo Jéssica hahaha.
      Mas isso funciona como algo simbólico. É uma ação pra lembrar as pessoas… deveríamos sim ser mais conscientes no nosso dia a dia, mas enqt não fazemos isso, devemos agir aos poucos. A Hora do Planeta não reflete uma ‘economia de energia’, mas serve como um lembrete.
      Acho que poderia ser mais divulgado e ser aliado a outras ações que tivessem real efetividade.. mas até lá, concordo, é difícil.
      Quem apagou a luz hoje, deixa 3 acesas amanhã.
      Mas a gente precisa mudar, e tem que começar por nós :]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s