Fama

Fama (Fame)

A sinopse do Fama original, o clássico musical de 1980 aparece da seguinte forma: “Oito talentosos adolescentes tentam uma vaga na Escola de Artes de Nova York e através da música, dança e teatro desfilam os problemas de uma geração em busca de si mesma.”. Excelente forma de dizer sobre o que se trata o filme.

FamaEnquanto a obra da década de 80 venceu 2 oscars – melhor Trilha Sonora e melhor Canção Original -, seu remake tem pretensões mais modestas. Mas diverte. O longa fala de arte para quem gosta de arte, e se você não se sente muito atraído por filmes com bastante dança, música e teatro, não é pra você.

São mais de 100 minutos de envolvimento com o mundo artístico, enquanto se acompanha a vida desses estudantes da Escola de Artes de NY (New York City High School of Performing Arts) um pouco mais de perto, durante 4 anos. Às vezes o filme parece pular algumas coisas e é como se esses 4 anos passassem rápidos demais, mas isso acaba não atrapalhando.

Enquanto assistia, percebi que daria um excelente seriado. Mais tempo para ir a fundo nos dramas particulares, mais dança, mais música e seria bem melhor do que muitas séries exibidas atualmente. Eis que, depois eu descobri que já tiveram essa ideia, haha, e a série foi feita, passando durante 5 anos, de 1982 a 1987.

Mas voltando ao filme, é ele também todo artístico. O longa conta com tomadas espetaculares. A fotografia tem papel importante e os tons de cores marcam a passagem do tempo. O coreógrafo-agora-diretor Kevin Tancharoe até foi bem, só pecou um pouquinho no decorrer da história, mas não por acaso as melhores tomadas vêm das cenas de dança – e também o melhor da fotografia,

Sobre a trilha sonora não é preciso dizer muito. É bem boa e atende às necessidades do musical, mesclando elementos diferentes, como hip hop e música clássica; tem também sequências muito legais de coreografias, e conta com batidas empolgantes, música “de balada” e “de sossego”.

Quanto ao elenco, as atuações de alguns personagens são meio fracas, mas se tem pontos positivos como as alunas Jenny (Kay Panabaker) e Denise (a talentosa música Naturi Naughton), provavelmente as personagens mais profundas do filme. A atuação de veteranos também ajuda a segurar o drama e as participações dos professores são sempre boas intervenções.

Por fim, a obra fala bem sobre o mundo da arte e das pessoas que vivem nele e dele. Para quem gosta, seja da expressão artística que for, vale a ida ao Cinema. Mas acredito que valha também uma conferida no Fama original.

*A título de curiosidade: pela aclamada academia de artes New York City High School of Performing Arts,  já passaram nomes famosos como Al Pacino, Robert De Niro, Jennifer Aniston, Liza Minnelli e Sarah Michelle Gellar (há ;P).

Publicado por: Lê Scalia

Anúncios

8 comentários sobre “Fama

  1. hahahaha, e é famosa, ti 😀
    e mto boa também… mas além de competitividade deve ser legal demais.. conviver com tts pessoas talentosas!

  2. é um estilo de filme pra quem gosta desse estilo de filme, mas pra quem gosta de cinema tem que ver né… a técnica é muito boa, algumas cenas e alguns cortes chamam muito a atenção!

  3. sim, pra qm gosta desse estilo de filme msm.. mas velho, husSUhaS pra qq um vale aquela cena da sapatilha né? husUHSHUAS mto foda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s