Merchandising em filmes irá dobrar

Ninguém suporta um merchandising mal feito. Digo isso pelo belo exemplo que temos com as novelas brasileiras. “Nossa, o seu cabelo está tão bonito hoje”; “Ah, eu usei o Seda Extra Gold Therapy para cabelos lisos!”. E o autor da novela ainda ganha cachê pra escrever isso!

No Cinema, por sua vez, o merchandising é muito mais frequente. E ninguém reclama. Mal notamos o produto na tela. É que nesse caso, eu diria que o produto não atrapalha a cena. E mesmo quando ele se torna um personagem principal, como no caso de Náufrago, a inserção é tão bem feita (contando também com boa atuação por parte dos atores…), que não a julgamos atrapalhar nada, pelo contrário: foi uma sacada genial, dizemos.

My precious!
My precious!

Um estudo divulgado pelo Department of Research and Economic Affairs da Arizona State University mostra que a publicidade subliminar de merchandising em Cinema vai se tornar mais eficaz do que nunca, o que significa que os anunciantes, naturalmente, vão começar fazê-lo… de monte.

Michael Wiles, professor assistente de marketing da ASU, conduziu o estudo, publicado este mês no Journal of Marketing. Ele acha que quando um produto é inserido com sucesso num longa-metragem, a empresas experimentam um aumento dramático no preço de suas ações.

Wiles diz que as empresas já estão informadas desse estudo e estão aumentando os investimentos em merchandising. (Phoenix New Times).

Espera-se que os investimentos, que eram de 722 milhões de dólares em média, cresçam para 1.8 bilhões no ano que vem. Wiles diz que será difícil equilibrar, saber qual vale mais a pena, porque não se pode ter muitas inserções no mesmo filme. Os produtos vão competir e as inserções se tornam menos eficientes.

Para ele, os merchandisings de Cinema mais bem sucedidos foram o da Pepsi em Austin Power em O Homem do Membro de Ouro e do mini-cooper em Uma Saída de Mestre. Essas inserções foram orientadas para um público ideal e não foram absurdamente caras como o Aston Martins, dos filmes do James Bond. Esses seriam alguns motivos para o sucesso das ações.

O estudo diz ainda que esse tipo de publicidade (tanto em cinema quanto em séries) está se tornando mais eficiente do que a publicidade convencional, porque hoje as pessoas podem não só mudar de canal, mas pular o intervalo comercial.

Ainda bem, porque convencional é a única coisa que a Publicidade não pode ser!

Anúncios

4 comentários sobre “Merchandising em filmes irá dobrar

  1. uhsahuSHU Lú, obrigada por publicar meu ponto de vista…

    Por: lescalia em 07/26/2009
    às 7:46 pm
    eu acho q o futuro da publicidade resid no merchan editorial uhsAHUSuhaShuaHUShau… bom, tbm. Enfim, ficou bem legal o texto gabi :]

    bom, eu acho mesmo… e eu teria mta coisa pra comentar sobre esse assunto huaHUSha já q meu pré-projeto foi sobre ele.. acho muitíssimo interessante, e ngm ganha de Chuck nesse quesito… mas dpois eu comento direito uahSuhahu. Mto bom, Lú :]

    só n podem deixar o filme com cara d intervalo comercial, d tt merchan neh

  2. Gente!
    Eu acho isso fantástico!! ahahaha
    eu me empolgo com esses assuntos huahuahuauhhuahua
    É um negócio, que a meu ver, é muito legal de fazer, e exige mtoooo mais criatividade e planejamento. Porque o produto não pode ser colocado em qualquer personagem, nem em qq cena. Exige toda uma estratégia. E depois, as pessoas optam pelos produtos que fizeram merchandising sem nem lembrar o porquê.

    Fora isso, me parece uma coisa natural. Os filmes procuram representar situações que, na maioria das vezes, são do nosso dia-a-dia; da nossa realidade. E no nosso dia-a-dia, estão inseridas uma série de marcas. Então pq, já q elas existem nessas situações mesmo, não usar o endosso de personagens?
    acho irado.’hauhuahuaua

  3. Eu não acho que necessite de tanta criatividade, flor… na maioria das vezes, o roteiro exige uma inserção e as marcas apenas aproveitam… mas o de Chuck, é um caso à parte ushaHUShuaSHua. Mas como eu já disse pra Lú, às vezes, a gente se surpreende.. hoje vi um merchan excelente!
    Merchans de época são mto boooons… esse era um da década de 30, uma máquina de costura da Singer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s