Era do Gelo 3(D)

A Era do Gelo 3 (Ice Age: Dawn of the Dinosaurs)

 

Alguém que me olhasse de longe, rindo igual a uma criança, um sorriso bobo e sincero, poderia perceber que era a primeira vez que eu assistia a um filme realmente 3D. Adorei! Ria à toa. Mas em contrapartida, meus olhos arderam durante quase todo o filme… acho que é falta de costume e minha visão não ajuda, por alguns fatores que não cabem aqui. Apesar de ter achado tudo muito interessante, esperava que fosse algo mais ativo. Tipo floquinhos de gelo caindo em cima de você… pra quem já viu, eu esperava que a maior parte do filme fosse como quando algumas folhas caem das árvores e é nítido o efeito tridimensional.

Deixando isso de lado, sobre o filme de fato, posso destacar que o divertido esquilinho – Scrat – criado pelo brasileiro Carlos Saldanha, que dirige essa continuação, assim como dirigiu o segundo filme, está em sua maior e melhor “performance”. Aliás, falando sobre tecnologia 3D e sobre o esquilinho-que-busca-incessantemente-sua-noz, devo dizer que as partes em que a produção uniu essas duas atrações são memoráveis. Divertidíssimas!

E embora tenha tido a impressão que eu já havia visto as melhores partes nos diversos trailers, achei o filme bem legal. As tiradas diretas ou mais sutis estão lá para divertir e assim o fazem. O visual é impecável e os diálogos ótimos. E assim como nos outros longas da trilogia, também se fazem presentes alguns momentos que arrancam um “ohn” da plateia, unindo riso e emoção.

Quanto ao restante do filme, cheguei a me sentir por alguns instantes em “Jurassic Park”. O que me fez pensar… assistir a filmes de suspense ou mesmo terror em 3D deve ser absurdamente assustador. Talvez esse seja mesmo o futuro do Cinema. Mas espero realmente que ainda haja o 2D… ou que meu organismo se acostume.

Duas coisas eu não entendi direito. As duas referentes ao Tigre dente-de-sabre, Diego. Uma foi a sua dublagem. Sei que ele é um personagem “sério”, que fala certinho e tal, mas em algumas partes do filme me deu a impressão que o ator que o dublava apenas lia o script, com as palavras inteiras e certinhas e sem se preocupar muito com a naturalidade. O segundo ponto que me deixou um pouco confusa foi uma questão envolvendo alguns problemas de Diego, que eu esperava que fosse mais aprofundada, mas que ficou no superficial mesmo. Tudo bem, não atrapalhou.

Já a preguiça mais simpática do cinema – Sid – apavorou novamente! E a doninha maluca, Buck, é aquele personagem que só tem a acrescentar a esse grupo tão peculiar.

Não tenho muito o que falar, mas acho que vale a pena verificar. Não acredito que se compare ao primeiro “Era do Gelo”, mas essa sequência trouxe novidades interessantes e tem todos os méritos. Um enredo bem amarrado e piadas simples e eficazes. O filme é bem divertido, seja para as crianças seja para os adultos. Além disso, a trilha também é legal e funciona.

Talvez eu tivesse uma expectativa muito grande para esse filme e isso atrapalhou a minha visão geral. Mas gostei e acho que os 3 Eras são excelentes representantes da boa animação, repleto de valores e diversão pura e simples. Algo bem família, no melhor sentido.

 

Publicado porLê Scalia

Anúncios

11 comentários sobre “Era do Gelo 3(D)

  1. eu achei muito bom o filme, bem melhor que o 2, que não é ruim não, mas ficou muito atrás do primeiro, na minha opinião.
    acho o 3D muito legal, mas o público pode se cansar dele.. a era do gelo, por exemplo, não tem aquelas ações que vc só vê em filme 3D, que são os personagens vindo pra cima de vc… até tem, mas é pouco, acho que poderia ser mais.
    e não sei quanto a todo mundo, mas me incomoda ficar com o óculos durante um filme inteiro… auahuahauaha

    acho que não tem como o 2D acabar… o cinema original. espero q nao! hehehehe

  2. AHAAAAAAAAA! vc se rendeu à reforma ortográfica????? uhauahauhauahauhaua agora que eu vi o “plateia” sem acento! É trsite, mas a gente acostuma… :}

  3. eu odeio a reforma… e nem adianta eu querer usar pq metade fica `novo e metade velho.. eu escrevo e meu computador corrige msm shuaHUSha. E realmente cansa ficar com o oculos o filme todo. Acho q o diego falando em ingles eh melhor

  4. a ellie eh a queen latifah, c viu?? uashSHUahu adorei. Lu, o q eu achei foi justamente o q vc disse.. n tem tt coisa 3d.. n tt eu achei q fosse ter. Achei q fosse ser qse tdo q nem naquela hora q a scrattie aparece e folhas comecam a cair, sabe?? o buck eh ingles? uhASHUaHUS.. e eu n lembro mto do 2, mas o 1 nem tem comparacao neh… ateh acho q esse tbm seja melhor q o 2.. afinal, eu nem lembro ushaHUSAHUSahu. A voz do manny eh meio entediante, n achou?

  5. as vozes em português são bem ruins comparadas com dublagens em inglês, fora que algumas piadas se perdem no meio… e o Diego falando ficou muito falso… concordo com a Le…

    em inglês o mamute tb é melhor, pq é o Ray Romano, q tem uma voz nada a ver com mamutes(?), meio nasalada demais…e o sid tem uma dublagem impagável em inglês…

    mas o filme é muito bom sim… as tiradas continuam boas e o scrat manda bem… de vez em quando fica meio entediante, mas aí eles cortam pra alguma cena de ação…

  6. ah mas eu acho que o Sid tem uma dublagem impagável tb em português. e a mamuta lá… é a queen latifah, tb é massa. mas o Siiiiiiiiid…. não dá pra falar nada da dublagem em português…

  7. ah, quase perfeita… não é ruim, mas perfeita só em inglês…
    mas das dublagens em português do filme, a melhor, de longe, é a do sid…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s